segunda-feira, 30 de março de 2015

NOVO VÍDEO - RESENHA DA SEXTOLOGIA BEIJADA POR UM ANJO

Olá meus queridos leitores!

Venho com muita felicidade anunciar para vocês a minha primeira vídeo resenha. 

Para esse primeiro vídeo eu escolhi fazer uma resenha não de um livro, mas de toda uma saga. Bem, a história escolhida foi a Sextologia "Beijada por um Anjo", da autora Elizabeth Chandler. 

Eu espero que vocês gostem.


Deixem nos comentários a impressão de vocês sobre o vídeo. Peço também que se inscrevam no canal.

Por hoje é só galerinha. Fico muito feliz com a atenção de todos. Obrigado por disponibilizarem tempo para visitarem o meu espaço aqui na net. Muito obrigado galerinha!

Um grande abraço para todos...

E até a PRÓXIMA!!!

sexta-feira, 27 de março de 2015

ENTREVISTA COM A BLOGUEIRA GRAZIELLI DE MORAES

Olá pessoal!

É com muito prazer que hoje trago para vocês a minha primeira entrevista aqui do blog. Essa entrevista foi realizada com a blogueira, que também é parceira aqui do blog, Grazielli de Moraes. Eu adorei fazer essa entrevista e gostei muito das respostas dela. Espero que vocês também gostem.

Então vamos a entrevista:


Vinícius: Para começar, eu gostaria que você se apresentasse para os leitores.

Grazielli: Sou Grazielli ou Grazi para os mais próximos, tenho 25 anos, vim de uma família de classe média, fui adotada pela minha vó, e via muitos “problemas familiares” acontecerem, motivo este que me fez criar um apego pelos livros e pela leitura, como forma de refúgio, viagem a outros lugares, conhecer outras pessoas, enfim.

Sou bibliotecária e amo disseminar a leitura, a cultura e a literatura. Acredito fazer isso de forma plausível, já que além do blog tenho dois projetos sociais com esse mesmo foco.

Sou casada, não tenho filhos (a não ser meus livros e filhos “adotivos” de coração).

Quem me conhece me acha batalhadora, lutadora e bondosa, mais apenas retribuo para o mundo o que ele me dá todos os dias.

Enfim, entre no blog, em minhas redes sociais e descubra um pouco mais sobre mim ^.^.


1- Você já trabalhou como escritora/autora ou já teve vontade de trabalhar como tal?

Nunca trabalhei como escritora (profissionalmente falando) mais tenho vontade, afinal, sempre adorei fazer redações, criar historinhas com as minhas bonecas, escrevi um livro na casa da minha vó (em máquina de escrever ainda – lembro-me que o título era “A FeliZCidade”, no entanto emprestei e nunca mais devolveram).

Além disso, escrevo em alguns blogs além do Faces de Uma Capa.

2- Qual seria o emprego dos seus sonhos?

Como costumo dizer, o emprego dos seus sonhos é aquele que você faz com amor. Pra mim essa é a essência da vida, se fazemos as coisas com amor tudo se torna mais prazeroso.

3- Qual a importância que você acha que a literatura tem para o mundo?

Acredito que a literatura tem um poder de transformação para o mundo e para a sociedade, afinal através dela, vemos uma sociedade menos alienada, menos influenciável, mais culta, mais tomadora de opiniões, e mais que tudo isso, mais ciente de suas ações e das ações do próximo.

4- Qual a sua visão sobre a literatura nacional nos dias de hoje? Há bons autores? Ela é valorizada no país?

Infelizmente a literatura nacional ainda tem pouquíssimo espaço, o que muito me entristece, afinal, se der uma vasculhada em meu blog, verá que resenho muitos livros nacionais e entrevisto vários autores também nacionais, e posso afirmar com todas as letras que a literatura nacional é tão rica quanto a internacional.

Existem excelentes histórias, excelentes autores, no entanto ainda não é valorizada o quanto merece.

É só você fazer um levantamento básico, pergunte a alguém quem escreveu “Jogos vorazes” (milhões de pessoas responderá), agora pergunte quem escreveu “O reino das vozes que não se calam” e verá que esse número cai absurdamente. E isso é muito triste, afinal ambos as literaturas são boas e tem suas qualidades.

5- Você acha que as editoras nacionais valorizam a literatura Brasileira?

Torno a responder que infelizmente não.

A pouquíssimo tempo que a literatura nacional está tomando espaço nas editoras, mais esse número ainda é irrisório.

6- Qual o seu livro ou saga favorito(a)?

Todos os que li foram úteis de alguma maneira em minha vida. Então não tenho um em específico.

7- Qual seu autor(a) favorito?

Devo dizer que agradeço imensamente aos autores que escreveram os tantos livros que eu já li, e os que indiquei pra leitura.

Mais vou puxar sardinha aos meus parceiros, que tem se mostrado pessoas mais que especiais em minha vida!

8- Você gostaria de trabalhar em uma editora? Ou em alguma revista? Se sim, em qual ou quais?

Gostaria sim, tanto pela experiência, quanto pela oportunidade de conhecer pessoas novas e experiências novas.

9- Se você pudesse viver na história de um livro, qual seria? E em qual você não gostaria de viver de jeito nenhum?

Pra ser bem sincera, eu quando leio, sinto-me vivenciando um pouquinho de cada história, e isso já me basta.

10- Para finalizar, existe algum personagem com o qual você se ache parecida?

Olha pra ser bem sincera me identifico com várias personagens, assim como também sonho em ser várias delas. Mais prefiro não mencionar uma apenas, já que essa mistura de várias me torna a protagonista de uma história de vida maravilhosa, e essa personagem se chama Grazielli.

Mais de qualquer forma, não nego que algumas passaram em minha cabeça ao ler essa pergunta!

Vinícius: Agora vamos falar um pouco sobre o seu blog.

11- Quanto tempo o blog tem de existência? Foi seu primeiro blog ou você já teve outros?

O blog existe desde 2010, no entanto seu início oficial foi em Janeiro de 2014, momento esse que tive mais tempo pra me dedicar.

12- Como surgiu a ideia para o blog?

Inicialmente surgiu como um “diário” onde eu escrevia alguns textos falando da minha vida e de meus sentimentos, com o decorrer do tempo resolvi ir para o lado da divulgação e disseminação da leitura e da literatura, o que me faz muito feliz.

13- Defina em uma frase o que o blog representa na sua vida.

O Faces de Uma Capa pra mim é uma válvula de escape para a vida, uma realização pessoal e uma maneira que encontrei para me encontrar.

14- O seu blog se limita a postagens sobre livros ou você costuma abrir espaço para outros temas?

Grande parte das postagens são relacionadas à livros, a autores, no entanto abro algumas exceções.

15- Você já fez algum post sobre livros nacionais? Se não, por quê? Se sim, qual a importância dele(s) para o seu blog?

Grande parte dos posts do meu blog estão relacionados a livros nacionais, inclusive tenho uma coluna chamada “Entrevistas” que faço entrevistas com autores nacionais e ainda uma outra coluna chamada “Encontro Marcado”, espaço reservado a autores nacionais para gravar vídeo sobre sua vida literária e suas obras.

16- Qual a importância que você acha que seu blog tem para a literatura?

Acredito piamente que os blogs atualmente tem uma função primordial para a literatura, tanto no que se refere à disseminação da leitura, quanto na promoção desta.

O Faces de Uma Capa, a meu ver não é diferente, no entanto, por eu autora e criadora ser bibliotecária, acredito que tem um conteúdo diferenciado e realiza esse papel de forma imparcial e com técnica, apesar que já vi muitos blogs realizando tal papel com excelência.


E então, o que acharam?

Espero que tenham gostado, pois essa não será a última entrevista aqui do blog. Quero agradecer do fundo do meu coração a Grazi por ter disponibilizado parte de seu tempo para realizar essa entrevista. Quero agradece-la também pela parceria que ela se disponibilizou a fazer comigo. Assim, obrigado Grazi por estar sendo essa pessoa super fofa comigo.

Por hoje é só galerinha. Fiquem de olho nas novidades aqui do blog, e lembrem-se de visitar e ficar de olho no blog da Grazi, o "FACES DE UMA CAPA". Espero vocês no próximo post, e lhes desejo tudo de bom!

Um grande abraço para todos!

quarta-feira, 25 de março de 2015

NOVA PARCERIA - BLOG CLÃ DAS SOMBRAS

Olá meus queridos leitores!

É com muita satisfação que lhes trago hoje uma excelente novidade: Uma parceira para o blog.

Dessa vez, a parceria foi firmada com a Rosângela Angarten do blog "CLÃ DAS SOMBRAS". O blog dela é simplesmente lindo (eu adoro o nome), sem falar que é o blog mais organizado que já vi. Eu sou meio sistemático com organização, mas a forma como ela deixou tudo arrumadinho em suas próprias guias é incrível.


A Rô é Capricorniana, persistente, são-paulina desde sempre, apaixonada por livros, gatos e ama rock n'roll.

Ela é Bacharel em Administração, pós-graduada em Administração Pública, especialista em Educação a Distância e funcionária pública na área de coordenação administrativa.

Uma leitora por paixão e blogueira por necessidade de conversar sobre livros. Administradora do blog Clã das Sombras, que está no ar desde 28/02/2014 e resenhista do Clube dos Novos Autores.


O Clã das Sombras é um blog sobre literatura e assuntos relacionados como adaptações, lançamentos e eventos. A atualização é constante, com o objetivo de manter os leitores bem informados com as novidades do mundo literário. As resenhas têm o intuito de fornecer ao leitor uma abordagem diferenciada da obra, avaliando desde o estilo de escrita do autor até a construção dos personagens e da história. Um blog eclético e imparcial nas leituras e opiniões. O blog fornece informações concretas e críticas dos mais diversos gêneros e temas, assim como apresenta os novos expoentes da literatura nacional.

Com este post, a parceria entre o meu blog e o Clã das Sombras fica firmada, e o primeiro trabalho realizado nela é uma entrevista que fiz com a Rosângela. Eu adorei a entrevista, ela ficou super boa e eu tenho certeza que vocês irão gostar. 

Irei postar em breve a entrevista, e enquanto isso não acontece, você aproveita e entra no Clã das Sombras e curte o conteúdo maravilho que tem por lá.






No mais é isso galera. Agradeço a vocês pela atenção, e principalmente a Rosângela por essa super oportunidade, que a nossa parceria seja super frutífera e que muitos outros trabalhos venham em breve. Um grande abraço para todos!!!

E até a próxima!!!

terça-feira, 24 de março de 2015

NOVA PARCERIA - BLOG FACES DE UMA CAPA

Olá meus queridos amigos!

Hoje venho até vocês com muita alegria para contar uma excelente novidade: Trata-se da nova parceria do blog.

Essa parceria foi feita com a Grazielle de Morais, dona do Blog "FACES DE UMA CAPA".

A Grazielli é uma pessoa super gentil, que recebeu o meu contato com muito carinho e que foi super prestativa nas nossas conversas. O blog dela é simplesmente lindo e cheio de um conteúdo maravilhoso. Eu super recomendo que vocês acessem o blog dela, pois vale muito a pena.

A nossa parceria vai iniciar com uma entrevista que realizei com a Grazi (e por sinal foi a primeira entrevista que fiz para o blog, logo, ela inaugurou a nossa coluna de entrevistas. Muito obrigado por isso Grazi!). Essa entrevista será postada ainda essa semana galera, mas enquanto vocês esperam, aproveitem para acessar o blog dela:


Espero que todos gostem do Faces de Uma Capa tanto quanto eu gostei. E quero agradecer mais uma vez á Grazielle de Moraes por essa maravilhosa oportunidade, e desejo que essa parceria seja muito frutífera para nós dois.

Um grande abraço para todos, e em especial para ti Grazi!

Até a próxima pessoal!

TAG: LIVROS E BLÁ BLÁ BLÁ!

Olá meus caros leitores!
A postagem de hoje é uma tag, de nome "livros e blá blá blá!", que me foi indicada pela minha querida Patrícia Brito Souza, do blog "LEITURAS PLUS". Essa tag consiste em responder algumas perguntas. Espero que vocês gostem.


1. Você já leu algum livro que mudou sua maneira de ver o mundo?


Acredito que a cada livro que você lê, sua visão do mundo é alterada. A leitura complementa nossa vida, acrescenta o número de experiências da vida e modifica o caráter e a maneira de pensar. Dessa forma, acredito que a cada vez que você acaba de ler um livro, a sua forma de pensar e de enxergar as coisas foi alterada, seja pela história contada, pelo jeito de ser de um personagem ou por alguma lição ou frase contada no livro.


2. Você gostaria que seus diários (ou suas memórias – para quem nunca escreveu um diário) fossem transcritos em um livro e publicados?


A alguns meses comecei a escrever um diário. O intuito dele é poder gravar os acontecimentos não só da minha vida, mas do mundo em que vivo, para que eu possa retornar a eles sempre que eu quiser, mas também para que meus descendentes possam ter uma espécie de documento relatando a vida de seu ancestral e também como era o mundo na época em que esse vivia (no caso eu). Mas eu não gostaria que meu diário fosse publicado e exposto para o mundo, ele é apenas para esse grupo fechado dos meus descendentes.


3. Qual é o seu maior medo no universo literário?


Que um dia eu não consiga mais criar nenhuma história.


4. Qual livro você leu e gostaria de ler novamente?


Com certeza o livro Fallen de Lauren Kate.


5. Você considera algum livro da sua coleção como um troféu? (Foi difícil de conseguir ou foi uma conquista, um presente de alguém muito querido… etc.).


Tenho um carinho e cuidados gigantescos com todos os meus livros, mas com certeza os quatro livros da série Fallen são os meus queridinhos!


6. De qual festa ou comemoração que aconteceu nos livros que leu gostaria de ter participado?


Não sei dizer.


7. Você já sofreu algum tipo de bullying literário por causa de alguma obra que você gosta?

Não.


8. Você já participou ou conhece algum grupo de leitura?


Infelizmente nunca tive a oportunidade.


9. Se você tivesse que dividir sua alma em 7 livros, quais seriam?


1° Fallen;
2° Harry Potter;
3° Beijada por um anjo;
4° O Clube Mefisto;
5° Anjos e Demônios
6° Jesus Para Presidente
7° O Demônio e a Senhorita Prim.


10. Se você tivesse o poder, qual personagem de qual livro mudaria, ressuscitaria ou faria desaparecer? ( Cuidado com o SPOILER!!!)


Ivy - Beijada por um Anjo (Nunca me conformarei)


Gostei bastante de responder a essas perguntas. Agradeço a Patrícia por ter me indicado para responder a essa tag, obrigado minha querida!!!

Agora indico o Caíque do ESCRITA LITERÁRIA, a minha querida Rafa Pinheiro do PRIMAVERA LITERÁRIA e a Grazielle de Morais do FACES DE UMA CAPA para responderem a essa tag. 

Espero que todos tenham gostado do post de hoje galera. Um grande abraço para todos e até a próxima.

segunda-feira, 23 de março de 2015

NOVO VÍDEO - EMISSORAS BRASILEIRAS

Olá pessoal! 

A postagem de hoje tem dois intuitos:

1° Lançar o novo quadro do meu canal: Brasil que merda é essa! (BQME).
2° Apresentar o novo vídeo do canal, que também é o primeiro do quadro BQME.

Mas o que é o quadro Brasil, que merda é essa!? É um quadro que lancei para falar sobre o Brasil e sobre as diversas MERDAS que aqui acontecem, aquelas coisinhas que envergonham, revoltam e insultam a todos nós, Brasileiros, ou que nos deixam mal falados no exterior. 


E para inaugurar o quadro, o primeiro vídeo que fiz foi esse que lhes apresento hoje, onde falo sobre as emissoras brasileiras e em como a programação delas é horrível.

Para assistir ao vídeo basta clicar no link que está abaixo da imagem. Comentem ele e digam se concordam ou discordam da minha opinião. Lembrem-se de dar aquele like no vídeo e de se inscreverem no canal para ajudar no crescimento dele e também para estarem sempre por dentro das novidades.



Espero que gostem do vídeo galera, e me digam o que acharam do novo quadro. Um grande abraço para todos. 

sexta-feira, 20 de março de 2015

APÓS A MORTE - CAPÍTULO 8

Lucas chega ao bar de João. Ele se dirige ao balcão e senta-se. Dois anjos se aproximam do ceifeiro, um de cada lado. Ele olha para um, depois para o outro e pergunta:

- Posso ajudar?

O anjo olha firme nos olhos de Lucas e responde:

- Preocupe-se em se ajudar, pois vai precisar.

Lucas fica confuso por um instante, até que os dois anjos o agarram pelos braços. Agora eles não estão mais no bar de João, e sim em um corredor com carpete vermelho e com luzes fracas, que deixavam o ambiente meio sombrio. Os dois anjos soltam Lucas que se vira para eles pronto para lutar.

- Quem vocês pensam que são para me abduzirem dessa forma?

- Somos anjos cumprindo ordens. Agora siga o corredor até a porta no final dele. – Um dos anjos diz de forma firme.

- E por que eu faria isso?

- Porque você já tem problemas demais para querer arrumar mais.

Lucas percebe o tom de seriedade na voz do outro anjo e então decide fazer o que ele disse. O ceifeiro começa a caminhar pelo corredor que não tinha nada, nem portas, nem quadros e nem mesas com vasos ou abajures, somente as paredes e o teto.

Lucas caminha pelo corredor até que consegue ver uma porta branca no final dele. A direita da porta havia um anjo alto e forte, de cabelo negro e cumprido, trajando um manto negro. A esquerda da porta havia outro anjo, esse tinha cabelos loiros, também era forte e trajava um manto azul. Ambos os anjos tinham asas brancas.

Quando Lucas se aproxima o anjo de manto negro olha para ele e diz:

- Entre!

Ao passar pela porta Lucas se depara com uma espécie de escritório. No lado direito havia uma grande estante que tomava toda a extensão da parede. A sua esquerda havia um sofá de couro preto que aparentava ser muito confortável, acima deste um quadro de uma montanha estava à mostra e ao seu lado uma mesa comprida sustentava um aquário com peixes negros. A frente de Lucas havia uma mesa de escritório com alguns papeis que lembravam um relatório.

Entre Lucas e a mesa estavam duas pessoas, uma era Mirian, que estava com uma expressão de preocupação. A segunda pessoa era uma mulher alta, de cabelos totalmente brancos e trajando um manto de seda branco. As asas da mulher eram completamente transparentes aparentando que eram feitas de água, e seus olhos eram tão claros que realmente pareciam duas lagoas de água cristalina. Ao olhar para ela Lucas ficou completamente estonteado, pois sua beleza era sem igual.

Até aquele momento Lucas não acreditava que pudesse haver uma mulher ou um anjo mais belo que Mirian, porém aquela criatura parada ali na sua frente superava todas as suas expectativas. A beleza das duas era diferenciada, enquanto aquela mulher mostrava uma beleza extravagante como uma modelo ou uma atriz, Mirian era dotada de uma beleza sutil e delicada, a beleza de uma flor, a beleza daquela que se torna o amor da vida de um homem.

- O que aconteceu Mirian? Porque estamos aqui?

Mirian se aproxima de Lucas.

- Essa é a nossa superiora Lucas e estamos aqui para falar com ela.

Lucas fica surpreso com a informação. O ceifeiro não sabe o que fazer se chega perto dela ou se fica onde está. Ele decide se aproximar.

- Olá! É um prazer finalmente conhece-la. Eu me chamo Lucas – O jovem diz com a mão estendida.

Ela ignora a mão dele.

- Eu sei quem você é rapaz.

O ceifeiro abaixa a mão constrangido por ter sido ignorado.

- E qual o seu nome?

- Você me conhece como... MORTE!

As palavras deixam Lucas completamente estagnado.

- Mas você não está aqui para aprender sobre mim. É função de Mirian lhe ensinar isso. Mais uma lição na qual ela falhou.

Todo o encanto inicial que Lucas teve por aquela anja, sumiu quando ela ignorou seu cumprimento... 
e principalmente agora que ela falava mau de... Mirian.

- Com todo respeito senhora, Mirian tem sido uma excelente mestra.

- Você não sabe o que é ser um mestre excelente. Na verdade, devido a suas ultimas ações creio que você não sabe nada de nada sobre anjos.

Lucas se irrita com as palavras da Morte, não por afetarem ele, mas porque eram um ataque contra Mirian.

- Você está errada! – Ele grita contra a Morte.

O olhar calmo e sereno que Morte tinha some e é consumido por um olhar rigoroso e severo.

- Não torne a me contrariar garoto. Sua situação já está bem ruim. – Ela diz virando-se de costas para Lucas.

O ceifeiro perde a cabeça e a segura ombro esquerdo para virá-la...

Ela vira-se num piscar de olhos, agarrando o pescoço de Lucas com a mão direita e então ele sente suas costas batendo contra uma superfície rígida. Quando olha atrás da Morte, vê que ela havia o arrastado por vários metros até a parede como se ele não fosse nada.

Mirian se desespera e parte para cima da Morte... Mas quando estava a um metro dela... Cai ao chão, se contorcendo de dor e gritando.

- Vocês são dois idiotas. Atacar a mim é a maior burrice que alguém poderia fazer. Entretanto... Essa é uma atitude que eu poderia esperar de um novato como você... Porém Mirian é uma Ceifeira experiente e sábia.

A morte olha para Mirian. Em um segundo Lucas cai ao chão... E Mirian é arremessada sobre a mesa... Sobre ela estava a Morte, que segurava firme sua garganta.

- Por que você agiu de forma tão estúpida assim Mirian? Conte-me.

Lucas não escutou nenhuma palavra de Mirian.

- Entendo. – Diz a Morte – É por isso então.

O ceifeiro imaginou que a Morte tinha o poder de entrar na mente deles. Isso fazia dela o Anjo mais poderoso que ele já havia encontrado.

Novamente em um instante Lucas viu Mirian caída ao chão... E a Morte não estava mais sobre a mesa, e sim em pé no mesmo lugar de antes da briga começar.

- Levantem-se vocês dois. – Ela diz calmamente, como se nada tivesse acontecido.

Lucas se levanta e vai até Mirian para ajuda-la a se levantar. Feito isso, ele pergunta:

- Por que eu estou aqui?

- Porque você cometeu um grave erro.

- E que erro foi esse?

- O de achar que é “DEUS”!

- Mas como assim?

- Estou falando de você achar que podia tomar a decisão de poupar aquela garota.

- Eu podia. Afinal, eu era o ceifeiro dela.

- Eu não sei se você é um imbecil ou se Mirian é uma inútil. Não sei o que ela lhe ensinou, mas ceifeiros não julgam e não tomam decisões sobre a vida. A única função de um Ceifeiro é ceifar. E eles ceifam quem a lista manda... Nem mais... Nem menos.

- Mas eu pensei...

- Pensou... Pensou... Pois pensou errado. O que você fez foi uma lambança.

- Como assim?

- Aquela garota devia ter morrido. Ela já estava pronta para passar para a próxima etapa. Mas você decidiu que ela deveria ficar viva.

- E qual o problema disso?

- Vamos ver se você identifica o problema. O pai da garota chegou ao hospital e recebeu a notícia de que ela estava bem. E toda a família dela foi até lá para vê-la. Porém, o pai foi até em casa para pegar roupas para dormir no hospital, e durante o trajeto acabou se envolvendo em um acidente... E faleceu!

- E você está insinuando que isso é culpa minha?

- Não estou insinuando garoto... Eu estou afirmando! Aquele homem deveria estar no hospital, chorando a morte da filha. Mas como você não a ceifou, ele não estava aonde deveria estar.

- Então salvar a filha matou o pai? Como isso é possível?

- Vou deixar que sua mestra lhe explique, afinal isso era função dela.
Lucas olha para Mirian que devolve o olhar.

- Veja bem Lucas. Quando você não ceifou aquela garota você causou um erro no mundo. Alguém que não deveria mais existir, existia. E isso causou mudanças na vida de várias pessoas, colocando-as aonde não deveriam estar.

- Basicamente. – A Morte interrompe Mirian – Você riscou aquela garota da sua lista. Porém, isso resultou em mudanças na sua lista e na de vários outros ceifeiros.

- Como assim na de vários outros ceifeiros? – Lucas pergunta.

- Não foi apenas o pai da garota que faleceu no acidente... Mas outras três pessoas.

Lucas é tomado pelo choque da informação.

- Você achou que estava fazendo o bem para alguém... – Mirian diz a Lucas – Mas acabou causando a morte de outras quatro pessoas.

- E o mais importante é que diferente da garota, essas quatro almas não estavam prontas para seguir a diante, e pior ainda, não estavam prontas para vir ao céu.

- Como assim não estavam prontas para vir ao céu? Onde elas estão então?

- Onde você acha?
O ceifeiro fica sem palavras.

- A sua sorte garoto, é que o mal feito foi pequeno. Apenas algumas almas e poucas listas foram afetadas pela sua ação.

- Pequeno? Como assim pequeno?

- Poderia ter sido pior... Várias listas poderiam ter sido afetadas. Por sorte foram apenas quatro.

- E agora, o que vai acontecer?

- É bem simples... Você vai corrigir a sua lambança.

- E como é que eu posso corrigir isso?

- Primeiro você e Mirian irão voltar para a Terra.

- Posso saber para que?

- Claro. Você irá fazer o que devia ter feito antes, você irá ceifar a garota!

- Eu não vo...

Lucas é bruscamente interrompido por um grito da Morte:

- Não me contradiga garoto. É melhor você fazer o que estou mandando ou vou te jogar na prisão até que você perca a noção dos milênios.

O ceifeiro percebe que é melhor ficar calado.

- Depois que você ceifar a garota não haverá mais um erro no mundo, e as coisas poderão voltar ao normal.

- Só isso?

- Claro que não.

- E o que mais?

- Você vai buscar as almas que jogou no inferno. – A Morte diz de forma bem serena.

- Ele não pode ir até lá – Mirian intervém – Ele não está preparado.

- É por isso que você irá com ele, para auxilia-lo. Já que você não cumpriu com sua missão impedindo ele de fazer sujeira, vai cumpri-la ajudando-o a limpa-la.

- Mas...

- Sem “mas” Mirian. Obedeça, ou jogo você na prisão com ele.

Lucas decide se inserir novamente na conversa.

- Como é que vou buscar essas almas?

- Bem simples. Você irá até o inferno. Só que dessa vez não vai parar na porta, você vai entrar e procurar as almas e depois vai retirá-las de lá.

- E qual é o objetivo disso?

- Mirian irá lhe explicar isso.

- Eu irei sozinha. – Mirian diz para a Morte – Resgatarei aquelas almas e as alçarei no mundo.

- Não. É a ele quem cabe cumprir essa missão. E veja bem Mirian, não intervenha por ele. Esse garoto está com uma grande dívida na casa, e a única forma de se redimir é cumprindo essa missão e corrigindo as coisas. Você deve apenas orientá-lo, pois se você interferir estará o condenando a um pagamento severo.

Mirian abaixa a cabeça, desolada.

- Agora vocês podem ir. E boa sorte.

POR VINÍCIUS VIEIRA DE FARIA

EM 20/03/2015.

MARCONI E DILMA - INCOERÊNCIA NA FALA

Nesta quarta-feira, 19/03/20015, a Presidente da Republica Federativa do Brasil, Dilma Rousseff, esteve em Goiânia para dar apoio ao prefeito da capital, Paulo Garcia, no lançamento de um projeto de construção de um Corredor exclusivo de ônibus que irá ligar as regiões Norte e Sul da capital. 

Na ocasião estava presente também o Senhor Governador do estado de Goiás, Marconi Perillo, que fora vítima de vaias por parte dos presentes no evento. O senhor governador utilizou-se do discurso de que não se deixa abalar por minorias que só querem causar desordem e ir contra o Republicanismo. A senhora presidente falou após o governador e defendeu a democracia, além de apoia-lo falando contra a intolerância política.

É sempre interessante ver políticos defendendo ou invocando os termos democracia e republica para se defenderem quando o povo está insatisfeito para com eles. Mas o que o Governador e a Presidente esqueceram, é que a Democracia e a República não são vias de mão única, das quais eles podem se apropriar e fazer uso para se defenderem, e como se o povo também não tivesse direito a elas. O fato é que esses termos que eles tanto usam são justamente o que autoriza o povo a se manifestar contra eles.

Sim é verdade! Somos uma Republica Democrática. Sim, eles tem o direito a se defender, e apesar da insatisfação popular (que não é de uma parte tão pequena da população assim) eles continuarão no poder até o fim de seus mandatos, pois não existe motivo real para que eles sejam depostos de seus cargos. Porém, da mesma forma como eles não podem ser depostos, porque a Democracia e a Republica não permitem, o povo pode e deve se pronunciar, pode e deve se manifestar, pois isso é uma DEMOCRACIA.

O Senhor governador foi muito enfático ao dizer que a minoria estava apenas realizando uma algazarra, mas ele se esquece que nessa Democracia (assim como em qualquer outra Democracia real do mundo) qualquer minoria, mesmo que seja uma só pessoa, tem o direito de se manifestar e expor o seu descontentamento para com seus representantes. Estamos sim em uma Republica, como o senhor governador fez questão de lembrar, e não em uma Monarquia onde o povo não pode expor sua opinião nem seu descontentamento, pois o Monarca não permite.

Ambos, presidente e governador, bateram na tecla da democracia e de que o povo não pode ter uma ação de intolerância política. Mas o fato é que o povo tem seus direitos de descontentamento, de manifestação e de exigência de melhorias garantidos pela tal Democracia que ambos tanto usaram para se defender.

Se existe manifestação e reclamação por parte do povo, é porque o governo não está sendo satisfatório para a população. Um chefe não reclama ou demite um empregado que trabalha direito e que trás benefícios e lucro para sua empresa, e da mesma forma o povo não reclama ou vai as ruas se manifestar contra um governante que traz melhorias ao povo. Se existe intolerância e reclamação é porque o povo já está cansado de tolerar o governo abusando da população, com problemas surgindo atrás de problemas, com corrupção, inflação em alta, desemprego em alta, salários ridículos, poder aquisitivo estagnado ou em queda, educação, saúde e segurança de péssima qualidade, além de vários outros problemas que mandato após mandato não são solucionados porque os senhores governantes não tem o interesse de saná-los.

O povo brasileiro é o povo mais tolerante do mundo, e talvez o povo mais tolo e mais lerdo. Se nesse momento existe manifestação e intolerância para com os governantes é reflexo do abuso acumulado destes próprios, que acharam que o povo ficaria calado eternamente aturando seus abusos e que agora estão apenas assustados com o poder do verdadeiro dono deste país, O POVO BRASILEIRO!

O mais interessante de se falar, é que eu não me lembro da ultima vez em que a Senhora Presidente esteve aqui em Goiânia, porém ela veio até aqui (logo após manifestações) para dar apoio a um projeto do Prefeito (Que diga-se de passagem é do mesmo partido dela) e depois foi para o Rio Grande do Sul (Não é ruim lembrar que Goiânia e Porto Alegre foram duas das capitais que mais tiveram manifestantes no Domingo, 15/03/2015, só perdendo para São Paulo e ganhando do Rio de Janeiro, Belo Horizonte e de Brasília).

Espero que tenham gostado galerinha. Deixem ai a opinião de vocês e lembrem-se: Não temos que ser tolerantes com os problemas de nossas vidas e de nosso país ou estado que só aumentam cada vez mais. Estamos em uma Democracia (e não em uma Ditadura), estamos em uma República (e não em uma Monarquia) e temos todo o direito de reivindicar melhorias.

Um grande abraço para todos!

quarta-feira, 18 de março de 2015

AS MELHORES HISTÓRIAS DO CINEMA


Olá meus caros leitores!

O post de hoje é para apresentar para vocês os melhores filmes que já vi. Esse post não é sobre os filmes com melhores efeitos especiais, nem sobre as maiores bilheterias ou sobre os mais premiados... Ele é sobre aqueles filmes que tem as melhores histórias no meu ponto de vista (Podemos dizer que são meus filmes preferidos).

Vamos a lista então!

FORREST GUMP: O CONTADOR DE HISTÓRIAS


Filme de 1994. Dirigido por Robert Zemeckis e com Tom Hanks no papel principal.

SINOPSE: Quarenta anos da história dos Estados Unidos, vistos pelos olhos de Forrest Gump (Tom Hanks), um rapaz com QI abaixo da média e boas intenções. Por obra do acaso, ele consegue participar de momentos cruciais, como a Guerra do Vietnã e Watergate, mas continua pensando no seu amor de infância, Jenny Curran.

Eu amo esse filme. Não é fácil eleger o melhor filme que já assisti, até porque eu amo cinema, mas é provável que se eu tivesse que escolher um seria esse. A simplicidade do personagem principal, a forma como ele nos faz rir sem tentar ser engraçado, o amor dele pela mulher de sua vida (que por sinal, creio eu, que todas as mulheres deveriam procurar um homem que as ame da mesma forma que ele a ama), a forma como ele se insere em diversos momentos da história... Tudo no filme o torna excepcional. Confesso que o final é bom embora não seja o ideal, para mim pelo menos. Apesar disso admito que ele faz sentido.

A ESPERA DE UM MILAGRE


Filme de 1999. Dirigido por Frank Darabont, com Tom Hanks no papel principal.

SINOPSE: 1935, no corredor da morte de uma prisão sulista. Paul Edgecomb (Tom Hanks) é o chefe de guarda da prisão, que tem John Coffey (Michael Clarke Duncan) como um de seus prisioneiros. Aos poucos, desenvolve-se entre eles uma relação incomum, baseada na descoberta de que o prisioneiro possui um dom mágico que é, ao mesmo tempo, misterioso e milagroso.

O que falar desse filme. Se não for Forrest Gump, então será esse o meu filme preferido. Uma história maravilhosa, embora muito triste também. Uma atuação impecável, não só por parte do ator principal, mas de todo o elenco. É um filme extraordinário que sempre me emociona. Se você nunca assistiu a esse filme, então assista porque é um crime contra o cinema alguém não o ter assistido.

UM ATO DE CORAGEM


Filme de 2002. Dirigido por Nick Cassavetes com Denzel Washington no papel principal.

SINOPSE: John Q. Archibald (Denzel Washington) é um homem comum, que trabalha em uma fábrica e vive feliz com sua esposa Denise (Kimberly Elise) e seu filho Michael (Daniel E. Smith). Até que Michael fica gravemente doente, necessitando com urgência de um transplante de coração para sobreviver. Sem ter condições de pagar pela operação e com o plano de saúde de sua família não cobrindo tais gastos, John Q. se vê então numa luta contra o tempo pela sobrevivência de seu filho. Em uma atitude desesperada, ele então decide tomar como refém todo o setor de emergência de um hospital, passando a discutir uma solução para o caso com um negociador da polícia (Robert Duvall) e com um impaciente chefe de polícia (Ray Liotta), que deseja encerrar o caso o mais rapidamente possível.

Esse filme é lindo. Acho que se todo pai amasse e protegesse os filhos da mesma forma como o personagem faz, metade dos problemas do mundo se resolveriam. Tudo que ele faz pelo filho, não só sequestrar o hospital, mas tudo que faz antes é incrível. Assistam, porque o filme é excelente.

O TERMINAL


Filme de Setembro de 2004. Com Tom Hanks e com a belíssima e poderosíssima Catherine Zeta-Jones.

SINOPSE: Viktor Navorski (Tom Hanks) é um cidadão da Europa Oriental que viaja rumo a Nova York justamente quando seu país sofre um golpe de estado, o que faz com que seu passaporte seja invalidado. Ao chegar ao aeroporto, Viktor não consegue autorização para entrar nos Estados Unidos. Sem poder retornar à sua terra natal, já que as fronteiras foram fechadas após o golpe, Viktor passa a improvisar seus dias e noites no próprio aeroporto, à espera que a situação se resolva. Porém, com a situação se arrastando por meses, Viktor permanece no aeroporto e passa a descobrir o complexo mundo do terminal onde está preso.

Mais um filme com Tom Hanks (Já deu pra perceber que não gosto nem um pouco dos filmes com ele né? rsrsrs). Esse é outro filme incrível, com comédia, drama, romance e uma história incrível. Ao longo do filme você descobre que ele não está nos Estados Unidos apenas para passear, mas que existe um motivo muito nobre por trás disso. É um filme maravilhoso que você precisa assistir.

A PROCURA DA FELICIDADE


Filme de 2007. Com Will Smith no papel principal e dirigido por Gabriele Muccino.

SINOPSE: Chris Gardner (Will Smith) é um pai de família que enfrenta sérios problemas financeiros. Apesar de todas as tentativas em manter a família unida, Linda (Thandie Newton), sua esposa, decide partir. Chris agora é pai solteiro e precisa cuidar de Christopher (Jaden Smith), seu filho de apenas 5 anos. Ele tenta usar sua habilidade como vendedor para conseguir um emprego melhor, que lhe dê um salário mais digno. Chris consegue uma vaga de estagiário numa importante corretora de ações, mas não recebe salário pelos serviços prestados. Sua esperança é que, ao fim do programa de estágio, ele seja contratado e assim tenha um futuro promissor na empresa. Porém seus problemas financeiros não podem esperar que isto aconteça, o que faz com que sejam despejados. Chris e Christopher passam a dormir em abrigos, estações de trem, banheiros e onde quer que consigam um refúgio à noite, mantendo a esperança de que dias melhores virão.

Esse filme é lindo. A história dele é algo que acontece diariamente com milhares, pra não dizer milhões de pessoas. A forma como o personagem luta para superar as dificuldades e para melhorar de vida é uma inspiração para qualquer um. Ainda não o assistiu? Então assista!

O SEGREDO DOS SEUS OLHOS


Filme argentino de 2009. Dirigido por Juan José Campanella. 

SINOPSE: Benjamim Esposito (Ricardo Darín) se aposentou recentemente do cargo de oficial de justiça de um tribunal penal. Com bastante tempo livre, ele agora se dedica a escrever um livro. Benjamim usa sua experiência para contar uma história trágica, a qual foi testemunha em 1974. Na época. O Departamento de Justiça onde trabalhava foi designado para investigar o estupro e consequente assassinato de uma bela jovem. É desta forma que Benjamin conhece Ricardo Morales (Pablo Rabo), marido da falecida, a quem promete ajudar a encontrar o culpado. Para tanto ele conta com a ajuda de Pablo Sandoval (Guillermo Francella), seu grande amigo, e com Irene Menéndez Hastings (Soledad Villamil), sua chefe imediata, por quem nutre uma paixão secreta.

Esse filme é realmente muito bom. Todos que conheço que o assistiram gostaram. A história é muito boa, tem investigação "policial", drama, amizade e um amor incomparável. Vale muito a pena ver. É um filme que mostra como o cinema argentino está muito a frente do brasileiro.

PLANO DE VOO


Filme de 2005. Com Jodie Foster, dirigido por Robert Schwentke.

SINOPSE: Kyle Pratt (Jodie Foster) é uma mulher devastada emocionalmente, devido à recente morte súbita de seu marido. Em meio a uma viagem de Berlim a Nova York, estando a mais de 40 mil pés de atitude e a bordo de um moderno avião, Kyle entra em pânico após perceber o desaparecimento de sua filha de 6 anos, Julia (Marlene Lawston). Desesperada, Kyle precisa provar à tripulação e aos passageiros sua sanidade, já que não há pista alguma sobre o paradeiro de Julia, e ao mesmo tempo convencer a si mesmo que não está enlouquecendo.

Deixei esse por ultimo para finalizar com um belo suspense. A história é excelente e mostra que uma mãe jamais desisti de seus filhos. Amo de paixão esse, sem contar que a interpretação de Jodi Foster é incrível. Se você gosta de suspense, não pode perder essa emocionante história, principalmente porque o final é incrível!!!

Espero que vocês tenham gostado caros leitores. Digam nos comentários se já assistiram a esses filmes, se pretendem assistir, se concordam comigo, se discordam, e deixem suas sugestões de filmes para mim.

Um grande abraço!

sexta-feira, 13 de março de 2015

APÓS A MORTE - CAPÍTULO 7

Já fazia quatro dias que Lucas não via Mirian. Ele sabia que ela havia ficado magoada com ele, mas não esperava que fosse tanto. A ausência dela era terrível para ele, pois desde que se conheceram nunca passaram mais do que um dia sem se verem.

Durante os últimos dias ele frequentou o bar de João na esperança de encontrar sua Mestra, mas ela não apareceu nenhuma vez. João e nenhum dos outros anjos que frequentavam o bar sabiam dela. Lucas havia decidido dar um tempo para ela, mas agora ele já estava ficando preocupado. Como ela não aparecia ele decidiu ir atrás dela.

Lucas iria até o “Céu” de Mirian.

Ele não sabia como chegar lá. O que Mirian havia lhe dito era que o céu era imenso, tendendo ao infinito. Isso significava que chegar até ela podia ser difícil. Mas se perder não era um problema, pois ele sempre poderia voltar para o seu céu. Além disso, Lucas se sentia ligado a Mirian, o que lhe dava uma boa chance de encontra-la mesmo sem saber como chegar até ela.

Lucas estava dentro de seu Céu. Ele fecha os olhos e começa a se concentrar. Dentro de sua mente ele tenta visualizar Mirian, quase como que se estive tentando encontra-la com um radar invisível de anjo. No começo ele não sentia nada, mas à medida que foi se concentrando começou a sentir algo. Com o tempo a sensação foi aumentando, até ficar quase visível em sua mente. Ele era capaz de ver a silhueta de Mirian. Nesse momento ele começa a se concentrar para se locomover como sempre fazia. Quando abriu os olhos não estava mais no seu céu.

O jovem ceifeiro estava agora em uma sala completamente branca. Ao olhar ao seu redor Lucas não viu nada além de uma porta rosa bem no meio da sala. Ele se aproximou da porta, pegou a maçaneta e a girou..., mas a porta não abriu..., estava trancada.

Apesar de não poder entrar Lucas sabia que aquele era o local certo para encontrar Mirian, pois ele podia senti-la quase como se estivesse na frente dele. Sem saber o que fazer ele decide adotar a única reação que conhecia para quando se está diante de uma porta trancada...

Ele bateu três vezes na porta.

Passaram-se cinco segundos e nada aconteceu. Parecia que não tinha surtido efeito. Foi quando a porta começou a fazer um som parecido com a estática dos aparelhos de som, ela começou a tremer muito e de repente uma luz branca a envolveu. Lucas observou a porta até que a luz dela se expandiu e engoliu todo o ambiente incluindo o Ceifeiro. Sua visão ficou completamente ofuscada.

Alguns instantes depois a luz começou a ficar mais fraca, começou a ceder e assim Lucas começou a conseguir enxergar. Depois de alguns segundos quando a luz havia se dissipado totalmente, o jovem ceifeiro se viu em meio a uma praia banhada por um mar lindíssimo de água completamente cristalina. O vento soprava e varias ondas preenchiam a vista até aonde ela alcançava.

Ao se virar de costas Lucas se deparou com uma bela casa de madeira. Nela havia uma porta, no meio, e duas janelas, uma de cada lado da porta. O jovem anjo observou a casa notando a beleza dela e como era bem construída. Mas quando ele menos esperava a porta se abriu, e de dentro da casa apareceu...

Mirian.

- Olá Lucas. Conseguiu me achar a final. Pode entrar. – Ela disse enquanto abria caminho para Lucas entrar.

Enquanto entrava Lucas observava Mirian. Ele não sabia se era a saudade, mas ela parecia mais linda do que nunca. Ao entrar o ceifeiro encontrou um ambiente aconchegante, com um belo sofá cor de vinho, na frente dele uma estante cor de mogno com uma bela televisão preta. Na parede a esquerda do sofá havia outra estante repleta de livros e na da direita outra estante repleta de enfeites como estatuetas, vasos e taças.

- Belo ambiente. Não sei se estou mais impressionado com o lado de fora ou com o de dentro.

- Obrigada. Fico feliz que tenha gostado. Vamos nos sentar. – Mirian estende a mão oferecendo o sofá para Lucas.

- Obrigado. – Ele se senta, seguido por ela.

- Por que você sumiu dessa forma Mirian? Eu fiquei preocupado. Não esperava que você se zangasse comigo dessa forma, a ponto de preferir ficar longe de mim.

- Não me zanguei Lucas. Só precisava de um tempo afastada de você. O que aconteceu na porta do inferno foi uma coisa séria.

- E precisava se afastar assim? Sem nem ao menos me avisar?

- Eu precisei pensar um pouco Lucas, espairecer entende?

- E por quê? Só porque discordei de você?

- Não. Porque você está andando por um caminho perigoso. Porque eu temo por você. Porque eu sou sua mestra e preciso te orientar para que você saia de onde está.

- Isso não é preciso Mirian. Eu tenho meu ponto de vista e você o seu. Não precisamos brigar ou ficar mau por isso.

- Você não entende a gravidade Lucas. Você sentir prazer com o que aconteceu e acreditar que é o dono do julgamento pode ser apenas o primeiro passo para você desandar.

- Não precisa se preocupar, não vou fazer nada de errado. Além disso, prometo tentar me controlar, pois sei que você sabe mais do que eu e só quer o meu bem.

- Está bem então. Acho melhor irmos para sua próxima missão.

- Assim é que se fala. Vamos nessa.

***

Os dois ceifeiros estavam dentro de um hospital. Lucas observou ao seu redor. O local estava repleto de médicos e enfermeiras, além é claro de pessoas acidentadas, muito sangue e machucados.

- Estamos na ala de emergências de um hospital. – Afirmou Lucas.

- Sim, estamos.

- E quem vou ceifar dessa vez?

Mirian olha para a entrada da ala de emergências. A porta se abre e por ela passam varias enfermeiras e médicos empurrando uma maca. Sobre a maca estava uma pequena garota, que não deveria ter mais do que dez anos, com o peito repleto de sangue.

- Olá Mirian. – Uma voz feminina surge ao lado de Mirian. Lucas se assusta e olha rapidamente para o lado de sua mestra. Uma senhora de cabelos brancos estava parada ali.

- Olá Maria. – Mirian responde. – Ela é a sua protegida, correto?

- Sim.

Naquele momento cai a ficha de Lucas. Aquela senhora era um Anjo da Guarda.

- Ela estava indo ao cinema. Eu tentei alertá-la para que ficasse em casa, mas sabe como são os humanos.

- Uns cabeças duras.

- Exatamente. Daí enquanto ela caminhava houve um assalto e uma troca de tiros, e então ela foi atingida.

- Sinto muito. Esse é Lucas, meu aprendiz.

- Olá Lucas!

- Olá Maria. Sinto muito por ela.

- Tudo bem. Faz parte do trabalho.

Os três observavam os médicos trabalhando no peito da menina. Pelo que Lucas podia ver o tiro havia acertado o peito da menina, talvez o coração.

Lucas se aproximou da garota como se os médicos não existissem. Naquele momento eles não existiam mesmo para o jovem ceifeiro. Só o que ele via era a garota. Ele a tocou na testa e mergulhou em sua mente.

Lucas viu uma garota doce e gentil que tratava a todos bem, que respeitava os pais e que não tinha nenhum pingo de maldade ou impureza manchando sua alma. Ele sentiu o fio da vida da pobre garota. Maria, o anjo da guarda já estava fazendo sua parte lutando para deixar o fio da vida intacto e para expulsar Lucas de dentro da criança.

O ceifeiro se sentia forte e com plena capacidade de vencer aquela disputa. Na verdade seus poderes haviam aumentando consideravelmente desde sua primeira missão, ele nem precisava mais dormir após cada trabalho cumprido. Mas apesar de todo o seu vigor, Lucas não encontrava motivos para ceifar aquela pobre garotinha. Não, a vida dela não terminaria ali. Ele era o ceifeiro, ele havia visto a vida dela e ela não merecia morrer naquele momento.

Lucas toma então a decisão. Ele não se opõe a Maria. Na verdade a Guardiã nem precisa expulsá-lo, ele se retira sozinho.

- O que você fez? – Mirian fala desesperada para ele.

- Eu decidi não ceifa-la.

- Você não podia fazer isso.

- Na verdade eu podia. Eu sou o ceifeiro, e não acho que ela mereça morrer agora. Eu decidi que ela merece viver.

Os médicos conseguem retirar a bala da garota. Os instrumentos apontam que ela está bem, apesar de tudo. Um dos médicos olha para o outro – Ela vai ficar bem – é o que ele diz.

Maria se aproxima dos dois – Acho que você não devia ter feito isso garoto.

- Pode me agradecer depois.

- Não preciso te agradecer. Eu teria salvo ela sozinha. E se não tivesse seria o caminho natural. Mas o que você fez não só é errado como perigoso.

- Pense como quiser.
Mirian olhava para Lucas completamente assustada. Ela não podia acreditar no que ele tinha feito.
Lucas via o olhar de desaprovação de Mirian.

- Não estou interessado em discutir novamente Mirian. Nos falamos depois. – E dessa vez é Lucas quem vai embora sozinho.

Maria se aproxima de Mirian e a toca no ombro.

- Esse garoto não sabe o que fez. Eu sinto muito Mirian.

- É. Eu também.

POR VINÍCIUS VIEIRA DE FARIA

EM 13/03/2015