sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

APÓS A MORTE - CAPÍTULO 4

- Descansou bem?

- Sim. Estou cem por cento recarregado.

Lucas e Mirian caminhavam por uma rua durante a noite. Depois que o anjo havia descansado, sua mestre o buscou para continuar com sua orientação. Agora os dois estavam ali, no meio de uma cidade, rodeados por casas e conversando sobre a luz do luar.

Na primeira vez em que Lucas viu Mirian, ficou completamente encantado com a beleza da garota. Naquela ocasião ele não sabia que ambos eram anjos, mas mesmo assim reconheceu nela a beleza de tal criatura. Agora, vendo o rosto de Mirian iluminado pelo luar, Lucas se sente ainda mais deslumbrado com a garota.

“É um verdadeiro anjo” pensa o rapaz.

- Por que você está me olhando assim? – Pergunta Mirian.

O garoto fica corado e desvia o olhar rapidamente.

- Não é nada. Só estava pensativo.

- Então vamos nos concentrar, afinal, já é quase hora de você começar sua segunda missão.

- Ok!

Os dois Ceifeiros continuam caminhando pela rua. Não há muito movimento por ali, e eles cruzam com poucas pessoas.

- É tão estranho ver que anjos estão sempre ao nosso redor... Digo... Sempre ao redor das pessoas... Caminhando como se fossem uma delas.

- Eu concordo com você – Responde Mirian - Acho que todos os anjos jovens tem essa mesma sensação.

- É como se passássemos a vida toda cegos sem ver o que realmente existe a nossa volta, e só depois de morrer é que abrimos os nossos olhos.

Lucas observa as estrelas por alguns instantes, sem dizer se quer uma palavra, e então rompe o silêncio.

- Mirian, por que anjos precisam comer? Eu não imaginava que fosse algo que precisássemos fazer.

- Na verdade não precisamos. Nós comemos no bar do João simplesmente como uma diversão. No céu existe de tudo, as possibilidades são infinitas. Você pode fazer o que quiser e se divertir de várias maneiras. Eu só quis te mostrar uma das coisas boas que se pode fazer no céu.

- Foi apenas uma distração então?

- Correto. Veja bem Lucas, quando eu era humana eu amava comer. Depois que virei um anjo achei que havia perdido isso, mas descobri que não e isso me deixou feliz.

- Mas se não é uma necessidade, por que me levou até lá?

- Simplesmente porque eu queria compartilhar algo que eu amo com você.

Lucas fica surpreso com a resposta. O garoto não consegue esboçar nenhuma palavra e então apenas acena com a cabeça. Mirian o olha de forma gentil.

- Olha Lucas, eu conheço muita gente no céu e tenho vários amigos, mas nenhum que eu possa chamar de “grande amigo” ou de “melhor amigo”. Porém, quando te conheci, por algum motivo senti que podia confiar em você e senti que você poderia ser esse amigo especial.

O garoto ficou ainda mais corado.

- Obrigado por me escolher como essa pessoa.

A anjinha sorri e o garoto retribui o sorriso.

Os dois continuam caminhando até que Mirian para de andar. Lucas ainda caminha alguns metros até perceber e então para. Ele se vira.

- O que foi? – Pergunta Lucas.

- Chegamos.

O garoto observa ao seu redor. Ele não acredita no que vê. Do outro lado da rua um rapaz negro está parado, esperando por algo ou por alguém. Isso não seria nada de mais, se não fosse pelo fato do rapaz ser dotado de um grande par de asas.

- Você está vendo aquilo Mirian? – O garoto pergunta enquanto aponta para o anjo do outro lado da rua.

- Estou. – Mirian sorri.

- E o que aquele anjo está fazendo aqui? E por que você não foi falar com ele?

- Porque hoje você vai aprender um pouco mais sobre o seu trabalho e sobre o mundo angelical.

- E o que eu vou aprender?

- Aquele rapaz é um anjo da guarda.

- Um anjo da guarda? E o que ele está fazendo aqui.

- Ele está em uma missão. Anjos da guarda não tem o poder de mudar o destino nem a decisão de 
seus protegidos, mas eles podem auxilia-los, sussurrando em seus ouvidos.

- Como assim?

- Anjos são seres sensitivos. Uma pessoa pode decidir sair de casa para ir, não sei, ao shopping passear. Se o seu anjo da guarda sentir que algo ruim pode acontecer nesse passeio, ele pode sussurrar no ouvido da pessoa para que ela não vá, porque será perigoso.

- E ai a pessoa decide não ir. Entendi.

- Na verdade não.

- Não?

- Se as pessoas sempre escutassem os anjos da guarda ninguém morreria por causas não naturais.

- Então anjos da guarda falham?

- Na verdade são os anjos que mais falham.

- Mas por quê?

- Porque seres humanos são dotados do livre arbítrio, e anjos só podem aconselhar e não controlar.
Mirian percebe que Lucas ainda não havia compreendido direito como aquilo funcionava.

- Quando você era vivo, às vezes você tinha algumas sensações do tipo “não devo fazer isso” ou “isso não vai dar certo”? Como se algo estivesse lhe dizendo isso.

- Na verdade sim.

- Esse era seu anjo, te aconselhando. E às vezes você desobedecia não é?

- Devo dizer que sim.

- Exatamente. A função de um anjo da guarda é ajudar, mas apenas aconselhando. E como os seres humanos são uns cabeças duras, a tarefa se torna um tanto trabalhosa.

- Agora eu entendi. – Lucas sorri.

Mirian sorri de volta.

Lucas percebe que o outro anjo estava observando com atenção a esquina logo a frente dele. O garoto começa a observar o mesmo local a espera do que iria acontecer. De repente, um ciclista surge atravessando a rua em alta velocidade e um carro o atinge. O ciclista é arremessado para o ar... ele sobe um... dois... três metros... e então cai.

- É ele que eu devo ceifar.

- Correto. Mas ele será um pouco mais difícil.

- E por quê?

- Primeiro. Ele não está pronto para partir, não está conformado com a morte e por isso irá resistir.

- E segundo?

- Segundo, como a morte dele não foi de causas naturais, o anjo irá se opor que você leve a alma dele.

- Daí?

- Daí que o anjo irá intervir na sua tarefa de cortar o fio da vida daquele garoto.

- E como ele fará isso?

- Dando energia para o garoto. Pense na sua tarefa de romper o fio da vida como um cabo de guerra. 
Quando você levou aquela senhora chamada Judith, o cabo de guerra foi apenas com ela e ela não se opôs a você.

- Pra dizer a verdade foi bem fácil mesmo ceifa-la.

- Eu sei. Mas aquele garoto não está a fim de morrer, e por isso ele irá se opor a você no cabo de guerra.

- O que torna as coisas mais difíceis.

- Sim. Mas não é só isso.

- E o que mais?

- O anjo irá participar do cabo de guerra ajudando o garoto. Em outras palavras, você estará sozinho em uma disputa contra os dois.

- Parece que vou ter trabalho.

- E muito. Veja bem, aquele anjo se iguala a você, e ele ainda vai ter a ajuda do humano. Basicamente, você estará na desvantagem e precisará se esforçar muito para conseguir vencer.

- Farei o possível.

- Eu sei que sim.

Durante o tempo em que Lucas e Mirian conversavam, uma multidão de pessoas surgiu e se aglomerou sobre o rapaz caído. Uma ambulância chegou. Os paramédicos pegaram o ciclista e o colocaram dentro do veículo.

- Quando você for ceifá-lo, talvez você fique desorientado e não saiba o que fazer. Se isso acontecer é só se acalmar e seguir os seus extintos.

- Está bem.

A ambulância começa a andar. Lucas olha do outro lado da rua e percebe que o anjo havia sumido. Ele olha para Mirian que sorri. Ele retribui o sorriso e então vai para dentro do veículo.

Dentro da ambulância Lucas se depara com três pessoas: O paramédico, o ciclista acidentado e o anjo que estava do outro lado da rua.

O anjo olha para Lucas – Não vou deixar que você o leve seu maldito – Ele então se senta ao lado do rapaz e coloca sua mão direita sobre a testa dele.

A princípio Lucas não entende o porquê daquela violência. Ele decide não se preocupar com aquilo naquele momento e perguntar para Mirian depois. Lucas se aproxima do ciclista e coloca sua mão sobre o braço do rapaz.

POR VINÍCIUS VIEIRA DE FARIA 
EM 30/01/2015.

PARA VER O INÍCIO DA HISTORIA ACESSE:




segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

FILMES MAIS ESPERADOS DE 2015!

Oi galerinha. Hoje vou apresentar os filmes mais esperados desse ano de 2015, na verdade os filmes mais esperados por mim.

Cinema é uma das minhas paixões, mas quem é que não gosta? Tem coisa melhor do que estar dentro de uma sala de cinema assistindo um filme? Parece que você está dentro da história, é muito maneiro.

E para quem gosta de cinema aqui vão as minhas dicas para esse 2015:

Os Vingadores - A era de Ultron:

Filme com estreia prevista para 30 de abril.




Quando o primeiro filme saiu eu não esperava muito dele, nunca fui um grande fã dos heróis da Marvel, com exceção dos X-Men e Homem-Aranha. Então imagine a minha surpresa quando eu o assisti. Foi um filme excelente, com uma boa história (sustentada pelos filmes individuais dos heróis lançados anteriormente) e com uma coisa que eu amo no cinema, efeitos especiais maravilhosamente bem feitos. Devido a qualidade do filme acabei me interessando pelo segundo que é hoje um dos que mais espero ver no cinema.

Nessa nova aventura a equipe dos Vingadores terá que enfrentar um Vilão bastante conhecido dos quadrinhos, o Robô Ultron, personagem esse que promete dar muito trabalho aos super heróis.

O Elenco conta com a presença de Robert Downey Jr. como o Homem de Ferro, Chris Evans como Capitão América, Chris Hemsworth como Thor, Mark Ruffalo como Hulk, Samuel L. Jackson dentre outros.

Veja o trailer do filme:



VELOZES E FURIOSOS 7

Filme com estreia prevista para 2 de abril.



Esse é provavelmente o filme mais esperado por mim nesse ano. Mas por que? Simplesmente porque o lançamento dele era para ter sido feio no ano passado, mas devido ao acidente que resultou na morte de Paul Walker, o filme acabou sendo adiado para este ano. Agora imagine você, esperar pelo lançamento do filme por um ano inteiro e quando esta perto disso acontecer o filme é adiado por mais um ano. É por isso que Vel. e Fur. 7 é o filme mais esperado desse ano por mim.

Apesar de gostar muito da franquia e de estar louco para ver esse novo filme, eu espero sinceramente que este seja o último. Agora você deve estar se perguntando: "Mas por que Vinícius?". Simplesmente porque a história já deu o que tinha que dar e sinceramente já passou da hora de ser finalizada (Na minha opinião o final deveria ter sido no quinto filme).  

Muita gente deve estar querendo me apedrejar, mas na minha opinião toda história deve ter um final. Agora, toda vez que você pensa que o filme chegou ao seu fim, inventam alguma treta para fazer uma continuação (No fim do quinto filme trouxeram a Letty de volta, no fim do sexto deram um jeito de introduzir um novo vilão). Isso não passa da busca por lucrar cada vez mais com um filme criando continuações de forma indefinida. Por isso, espero que seja realmente o final da franquia e que possa fechar com chave de ouro.


O EXTERMINADOR DO FUTURO 5 - GÊNESIS

Estreia prevista para Junho

Sinceramente eu nem sabia que este filme seria lançado, mas recentemente assisti ao trailer dele e gostei muito. Sempre gostei da franquia, por isso estou ansioso para ver esse novo capítulo da história.

Não tenho muitas informações sobre o filme em si, mas Arnold Schwarzenegger estará de volta.


STAR WARS: O DESPERTAR DA FORÇA

Estreia prevista para Dezembro.



Sou simplesmente louco pela saga Star Wars, tanto que recentemente comprei uma camisa preta com a estampa do Yoda e estou colecionando hqs sobre a saga que começaram a ser lançadas (Star Wars Legends - que se encontra atualmente no terceiro volume). 

Ainda não foram reveladas muitas informações sobre o enredo, nem sobre os personagens e nem sobre nada. Além disso o trailer é bastante nebuloso. Apesar disso, tenho plena certeza de que o filme será maravilhoso. Estou no aguardo de novas informações sobre a produção e super ansioso pelo lançamento.


Espero que tenham gostado galerinha. Eu gostei bastante de preparar essa postagem. Se vocês gostaram comentem aí, digam quais os filmes que vocês estão ansiosos para ver, deem dicas, curtam a postagem, compartilhem nas redes sociais e não esqueçam de participar do blog clicando no botão que fica a esquerda das postagens. Obrigado Galera, e até a próxima!!!

Postagem de Vinícius Vieira de Faria,

em 26/01/2015.



 

Para o que serve a História?

É através da História que conhecemos os erros cometidos no passado, para que possamos não comete-los no presente.

Por Exemplo:

Jogar Bombas atômicas em outros países;


Fazer guerras religiosas que resultam na morte de milhões de fieis;


Caçar as mulheres como bruxas só para conter o feminismo;


Fazer uma ditadura militar, oprimindo o povo, matando e torturando centenas.


Cada uma dessas ações foram erros cometidos pela humanidade ao longo de sua história. 

Então antes de você dizer que estudar história é uma perda de tempo pense duas vezes, pois é graças a ela que uma ditadura militar ou uma caça sangrenta as mulheres não irão acontecer novamente, porque a sociedade tem conhecimento de quão errados são esses fatos.

Por Vinícius Vieira de Faria
Em 26/01/2015

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

CONTO - DE PAULO COELHO

Vamos até a montanha onde Deus mora - Comentou um cavaleiro com seu amigo - Quero provar que Ele só sabe pedir, e nada faz para aliviar nosso fardo - Pois vou para demonstrar minha fé - Disse o outro.
Chegaram à noite no alto do monte, e escutaram uma voz no meio da escuridão: Encham seus cavalos com as pedras do chão!
Viu? - Disse o primeiro cavaleiro - Depois de tanto subir, Ele ainda nos faz carregar com mais peso. Jamais obedecerei!
O segundo cavaleiro fez o que a voz dizia. Quando terminaram de descer o monte, a aurora chegou - e os primeiros raios de sol iluminaram as pedras que o cavaleiro piedoso havia trazido: eram diamantes puríssimos.
Diz o mestre: As decisões de Deus são misteriosas, mas estão sempre nosso favor.

Conto de Paulo Coelho extraído do livro: MAKTUB

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

APÓS A MORTE - CAPÍTULO 3


- Esse lugar é impressionante.

Lucas estava realmente deslumbrado com o lugar. Ele e Mirian estavam dentro de um grande bar. Ambos haviam se sentado em uma mesa no canto. No salão havia várias mesas. No fundo ficava o balcão. O local estava cheio de anjos.

- É sim.

- Mas que lugar é esse?

- Antes de te dizer que lugar é esse você tem que entender uma coisa.

- Que coisa?

- O céu é gigantesco. Na verdade ele é tão grande que foge a nossa capacidade de compreensão. Acho que poderíamos dizer que ele tende ao infinito.

- Acho que estou entendendo.

- Isso é bom. Mas o que você precisa entender é que o céu se divide em vários pedaços. Um deles é o prédio de Instrução, onde você recebeu seu trabalho de ceifeiro. Além daquela área, existem infinitas outras. Cada alma recebe um pedaço do céu. É meio que como se fosse um lote.

- Um lote?

- Sim. O lote é o seu espaço aqui, pertence á você.

- E para que serve ele?

- Para o que você quiser. Você pode fazer o que bem entender dentro do seu céu.

- É meio confuso.

- Veja bem. Esse aqui é o céu de um anjo. Ele construiu esse lugar no espaço dele. E ele fez isso porque era a vontade dele.

- Está me dizendo que estamos dentro do céu de um anjo?

- Sim.

- Qual anjo?

- Um amigo meu. O nome dele é João.

- E porque ele fez isso com o céu dele?

- Porque eu quis.

Lucas olha para o lado. Um homem calvo com asas amarelas se aproxima de sua mesa. O anjo cumprimenta Mirian e se senta entre ela e Lucas.

- Esse é o dono do Bar Lucas.

O homem estende a mão para Lucas.

- Sou João.

Lucas retribui o aperto de mãos – Sou Lucas.

- E então. Gostou do local?

- Bastante.

- Que bom. Fique a vontade para voltar mais vezes.

- Obrigado.

- E como você está Mirian?

- Estou bem.

- Que bom. Agora não posso ficar muito, mas depois colocamos o papo em dia.

- Certo.

João se despede dos dois, levanta e se afasta.

- Aqui é um dos meus lugares favoritos no céu.

- Sério?

- Sim. Como eu estava dizendo, cada alma recebe seu espaço no céu. Esse é o espaço dele.

- E ele construiu um bar?

- Não um bar qualquer. Mas um bar onde os amigos dele podem vir e se reunir. Assim ele sempre tem companhia. Além disso, o espaço dele não se limita ao bar. Ele tem um segundo andar exclusivo para ele, onde ninguém mais entra.

- Então ele fez com o lugar o que teve vontade de fazer?

- Exato. Está vendo as garçonetes?

- Sim.

- Não são reais. Ele queria um bar, então produziu garçonetes com o poder dele.

- E isso é possível?

- É sim. Com o tempo você vai aprender tudo que pode fazer.

Uma moça loira, com belo corpo e olhos azuis, usando um vestido branco curto com avental preto se aproxima da mesa dos dois anjos.

Mirian olha para a moça.

- Dois licores divinos e dois manjares do céu.

- Certo – Depois a moça se afasta.

- E o meu céu?

- Depois que comermos vou te levar até lá.

- E aquilo que pediu. Como sabe que vou gostar?

- Porque não tem como você não gostar.

- É o que veremos.

A garçonete retorna com uma bandeja. Ela coloca duas bebidas e dois pratos sobre a mesa – Bom apetite. Depois ela se afasta.

- Vamos lá. Prove!

Lucas pega um pedaço do doce com a colher e o leva até a boca.

- Hummmmmmm! Que delícia.

- Eu sei.

***

Depois de acabarem de comer os anjos se levantaram para ir embora do bar. Mirian tocou o ombro de Lucas e então os dois foram para outro local.

- Que lugar é esse Mirian?

- O seu céu.

- Mas como assim? Não tem nada aqui. Só um monte de espaço preenchido por uma luz branca.

- Não tem nada porque é função sua preencher esse local. É você quem deve determinar como ele vai ser.

- E como eu faço isso?

- Com a sua vontade. Basta imaginar e as coisas surgem. Claro que vai levar um tempo para colocar tudo aqui.

- E por quê?
- Porque é necessário energia para criar essas coisas. E você ainda não é forte o suficiente para preencher esse local por inteiro.

- Entendo.

- Tem mais uma coisa. Só pode entrar aqui quem você permitir.

- Como assim?

- Esse é o seu espaço. Por isso só você pode entrar aqui livremente. As outras almas precisam da sua autorização para entrar. Eu mesma só estou aqui porque no seu inconsciente você me deu permissão.

- Então nenhum outro anjo pode entrar aqui?

- Não sem sua autorização.

- Que legal.

- Você está cansado não está?

- Estou sim.

- Eu imaginei. Você ainda tem pouca energia para se manter.

- E agora?

- Agora você fica aqui e descansa. Depois que você recarregar suas energias eu volto.

- Está bem.

Mirian desaparece. Lucas sente o cansaço pesando cada vez mais. Suas pálpebras começam a se fechar. O anjo se concentra fazendo surgir uma cobertura de folhas no chão, sobre a qual ele se deita, caindo em um sono profundo.

POR VINÍCIUS VIEIRA DE FARIA
EM 08/01/2014

Para ler os capítulos anteriores basta acessar os links abaixo:




MINHA CAMISA DO YODA.


Exibindo minha camisa do YODA. Alguém aí gosta dele também?